Amizade Acima de Tudo!!
 
InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Age of Empires 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
k9
Admin
avatar

Mensagens : 4
Data de inscrição : 09/08/2008
Idade : 47

MensagemAssunto: Age of Empires 3   Qua Out 22, 2008 1:17 am

A comunidade Ext^Clan tem o prazer de apresentar o + esperado jogo de estratégia dos amantes da serie Age of Empires.

Fabricante = Microsoft
Software House = Ensemble Studios
Plataforma = PC
Genero = Estratégia
Lançamento no Brasil = 25/10/2005

Passaram-se seis anos desde a última versão de Age of Empires. Esta série rapidamente ganhou um lugar de destaque no seio dos jogos de estratégia. O facto de se poder avançar de época cumprindo com certos requisitos, foi um dos aspectos mais inovadores que a série apresentou. Como tudo na vida, a série também evoluiu.

Durante esta semana fui confrontado com algumas antevisões de outros meios de comunicação e, dada a enorme quantidade de disparates e informação omissa com que me deparei nalguns artigos, até fiquei contente, pois, desta forma, não tenho dúvidas que a antevisão que vão ler aqui no Ext^Clan, é a mais completa e precisa que existe, de momento.

A Home City é o pormenor mais importante deste novo Age of Empires!

A grande novidade do novo Age of Empires chama-se Home City. Todos os países colonizadores tinham uma cidade capital, por exemplo, Portugal tinha Lisboa, a Inglaterra tinha Londres, e assim sucessivamente. E era, majoritariamente, a partir dessas cidades que os bens eram enviados para as novas colônias e vice-versa.

A equipa do Ensemble decidiu, e bem, imitar esse factor. Os jogadores têm assim, um apoio suplementar para as suas colônias. A Home City serve para enviar reforços, sejam-os militares ou em gêneros para as nossas colônias, contudo, isto tem um preço, e esse preço são os pontos de experiência.

Há várias maneiras de ganhar experiência em Age of Empires III. Desde matar inimigo, a controlar rotas comerciais, destruir e construir edifícios, apanhar tesouros, etc. Quando chegamos a um determinado montante de experiência, podemos pedir que nos enviem um carregamento de bens ou pessoas, a partir da Home City.


Mais tarde no jogo podemos editar que tipos de cargas querem disponíveis durante as cinco diferentes épocas. Com a experiência também será possível executar diversos melhoramentos na Home City, passando-a duma simples cidade portuária, para uma bela metrópole e alterando as cargas para níveis superiores.

A personalização da Home City promete ser um factor muito importante para fidelizar os jogadores.

Tal como já referi, são cinco as épocas de Age of Empires III, nomeadamente, Discovery Age, Colonial Age, Fortress Age, Industrial Age, e Imperial Age. Desde as setas aos canhões Howitzer, são mais de 250 anos de História que vamos transpor da primeira à quinta época. Um dos pormenores mais deliciosos é o aparecimento dos comboios a vapor durante a Imperial Age.

Entrepostos avançados, muralhas, e fortes, são algumas das opções defensivas do novo Age.

Uma novidade relacionada com as épocas de Age of Empires III, é que podemos escolher o tipo de líder que queremos para nos guiar nesta nova etapa. Geralmente, é uma opção entre um político e um militar, metendo à mistura economistas e outros que tais. A nossa escolha tem influência no tipo de bônus que recebemos ao subir de “Age”.

Tal como já vem sendo hábito nos jogos de estratégia modernos, vamos ter heróis à nossa disposição. Estes têm características e habilidades muito próprias, que os tornam indispensáveis nalgumas situações. Desde grandes exploradores como George Vancouver, a grandes generais como Bonaparte.

Este heróis são fundamentais, sobretudo, na recuperação de tesouros. Apenas os heróis podem fazê-lo. Estes tesouros encontram-se em vários pontos do mapa e podem dar vários bônus, desde moedas, madeira, comida, objetos especiais que dão bônus a certas unidades, e até chegamos a ficar com um animal selvagem como fiel companheiro.

Desde as carroças aos comboios a vapor, as rotas comerciais estão ao nosso alcance.

O sistema de trocas comerciais foi completamente revolucionado, e agora podemos ter vários entrepostos, fazendo uma rota controlada. Isto também é muito importante no contacto com os indígenas, pois permite-nos certas benesses, como assegurar o uso das suas unidades guerreiras junto das nossas.

Pelo que podemos constatar a campanha para um jogador estará dividida em três atos. Vamos percorrer a história duma família, descendente de um cruzado, e que acaba no Novo Mundo. Esta fábula começa com Sir Morgan Black em confronto com um líder otomano, na costa maltesa.

Além da campanha, temos também o modo multijogador, o modo Skirmish e ainda o editor de cenários. É nestes modos adicionais que encontramos as civilizações. Dado que podemos escolher o nome da Home City e do explorador, é nos permitido configurar o jogo de forma a ficar historicamente correto.

O que me surpreendeu completamente foi quando ouvi os meus soldados e camponeses a responderem em português. Nada mais divertido que ouvir o nosso explorador gritando “Atacar!” Feito Son Goku. De facto, esta foi, pessoalmente, a maior surpresa do jogo.

Graficamente é o melhor Age de sempre, mesmo comparando com Age of Mithology ou até mesmo com Rise of Nations, o novo título do Ensemble deixa-os a milhas. As orlas costeiras estão desenhadas de forma sublime, dando um aspecto natural e muito belo. A água então dá o mote para um jogo de luzes impressionante.

O visual vai incluir vários elementos ambientais, como as ondas, o derrubar de árvores durante os combates, soldados projetados por balas de canhão, etc. Mas o que mais dá nas vistas é os desmoronamentos parciais dos edifícios, que deixam cair grandes pedaços da sua estrutura quando são atingidos.

O novo motor 3D é completamente versátil, possui um zoom ajustável é dá para rodar completamente, oferecendo sempre o ângulo de visão que nos desejamos. Apesar de alguns objetos se notar uma ligeira expansão dos pixeis com o zoom ao máximo, no cômputo geral, a unidade fica muita bem.

Vamos acabar então com uma nota sobre as unidades, referindo que, dado o período histórico do jogo, temos uma seleção muito engraçada, juntando nas mesmas cenárias unidades de índole medieval, com os seus arcos e espadas, e por outro lado unidades que já usam armas de fogo.

Portugal, França, Inglaterra, Holanda, Rússia, Alemanha, Turquia (Otomanos), Espanha e as tribos nativas da América são os intervenientes do novo Age.

Apesar de alguns problemas, de aparente fácil resolução, e de ainda estarem vedadas algumas das opções, esta versão Beta é uma excelente amostra do que está para vir, e qualquer fã da série Age of Empires pode ficar tranqüilo, pois vem aí mais um título muito digno dessa chancela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://extclan.forumeiro.net
Ext_Kempachy

avatar

Mensagens : 1
Data de inscrição : 18/12/2011

MensagemAssunto: Re: Age of Empires 3   Dom Dez 18, 2011 1:29 pm

K9, nao sei se vc mudo o TS ou aconteceu alguma coisa, mais se vcs tiverem usando o TS ainda me manda o IP e a senha pra mim, eu nao to conseguindo entrar, eu lembro q mandei algumas messagens pro tembo so q ele nao entra no msn e nen o tisunaka
se vc puder mandar ai, vlw
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Age of Empires 3
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Age of Empires Coleção Completa + Tradução
» TOP 5 - Jogos para Perder um Amigo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Clan dos Exterminadores :: Age of Empires-
Ir para: